Gerência de Auditoria Interna

Missão
   
Finalidade
   
Legislação
   
Auditor
  
Normas
   
Índices
   
Organograma
   
Links
   
Auditor

DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADES DO AUDITOR INTERNO

O objetivo desta Declaração é proporcionar, de forma resumida, um conhecimento geral do papel e responsabilidades da Auditoria Interna. Para orientação mais específica, deverão ser consultadas as "NORMAS PARA EXERCÍCIO PROFISSIONAL DA AUDITORIA INTERNA".

Natureza

A Auditoria Interna é uma atividade de avaliação independente dentro da organização, a fim de assessorar a administração e constituir um controle gerencial que atue através do exame e avaliação de adequação e eficácia de outros controles.

Objetivo e Escopo

O objetivo da Auditoria Interna é assessorar a organização no desempenho efetivo de suas funções e responsabilidades, fornecendo-lhe análises, apreciações, recomendações, pareceres e informações relativas às atividades examinadas, promovendo, assim, um controle efetivo a um custo razoável.

O escopo da Auditoria Interna está voltado ao exame e à avaliação da adequação e eficácia do sistema de controle interno dentro da organização, bem como à qualidade do desempenho no cumprimento das atribuições e responsabilidades. Nos seus trabalhos a Auditoria Interna examina e avalia os seguintes aspectos:

- a integridade e confiabilidade das informações gerenciais e os meios utilizados para identificar, avaliar, classificar e comunicar tais informações;

- os sistemas estabelecidos para assegurar observância das políticas, planos, procedimento, leis e regulamentações que possam ter um impacto significativo sobre as operações e informações, bem como verificar se a organização os segue;

- os procedimentos para salvaguardar dos ativos e comprovar a existência de tais ativos, se for o caso;

- a eficiência, a eficácia e a economia na utilização dos recursos;

- as operações ou programas para verificar se os resultados são compatíveis com os objetivos e meios estabelecidos e se estão sendo executados de acordo com que foi planejado.

Responsabilidade e Autoridade

O objetivo, autoridade, responsabilidade e atribuições da Auditoria Interna devem estar definidos em um documento formal (Manual de Organização), aprovado pela Alta Administração.

O referido documento deve deixar claro os objetivos da Auditoria Interna, especificar o escopo de seu trabalho, esclarecer que a competência a ela atribuída não exclui a responsabilidade dos setores envolvidos.

A responsabilidade da Auditoria Interna é assessorar a organização de modo condizente com as "NORMAS PARA EXERCÍCIO PROFISSIONAL DA AUDITORIA INTERNA" e com os padrões de conduta contidos no "CÓDIGO DE ÉTICA".

Essa responsabilidade compreende a coordenação das atividades da Auditoria Interna com as das demais unidades, visando atingir com maior facilidade seus objetivos, assim como os da organização.

Independência

Os auditores devem ser independentes das atividades que auditam. Os auditores internos são independentes quando podem exercer suas funções livre e objetivamente. A independência permite aos auditores fazer julgamentos neutros e imparciais, o que é essencial para a realização de uma boa auditoria. Esta é obtida através do "status" organizacional e objetividade.

O "status" da função de Auditoria Interna na organização deve ser suficientemente elevado para assegurar um amplo alcance na cobertura de auditoria, visando garantir a aceitação e ação efetiva sobre os achados e recomendações.

A objetividade requer que os auditores internos tenham uma atitude mental independente e plena convicção no resultado de seu trabalho.

O auditor não deve elaborar procedimentos, assim como desenvolver, implantar, ou operar sistemas (ou as partes dos mesmos) pertencentes aos auditados, zelando, porém, para que existam os controles-chave. Caso isto não seja observado, a objetividade da Auditoria Interna poderá ser comprometida.